h3.post-title {text-align: center; Caderninho de Frases | Cidades de Papel - Apenas uma Leitura

Caderninho de Frases | Cidades de Papel



Olá, leitores! Mais um dia por aqui, com uma nova postagem do #BEDA! Hoje é dia do velho "Caderninho de Frases", como de costume separei as frases que mais me interessaram em uma determinada leitura. E o "Caderninho de Frases" de hoje é de Cidade de Papel do John Green. Alerta: Frases magníficas <3

SINOPSE:

Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. 

Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.

AUTOR:

John Green é um romancista e vlogger norte-americano, autor de livros para adolescentes, entre eles, “A Culpa é das Estrelas”.

Formado em  Inglês e Estudos Religiosos, é autor estrela do segmento chamado de Young adult – a literatura para adolescentes e jovens, é autor dos livros “Quem é Você Alasca?” (2005), O “Teorema Katherine” (2006), “Deixe a Neve Cair” (2008), “Cidades de Papel” (2008), “Will e Will, Um Nome, Um Destino” (2010) e “A Culpa é das Estrelas” (2012), um sucesso de vendas nos Estados Unidos e também no Brasil. A literatura de John Green é realista e firmemente ancorada nos dias de hoje.

FRASES: 

“Não era nem o fato de ela ser tão bonita. É que ela era o máximo, literalmente.”

“Meus dias tinham uma agradável uniformidade. E eu sempre gostei disso: eu gostava da rotina. Gostava de sentir tédio. Não queria gostar, mas gostava.”

“Mas, se você levar em conta todos os eventos improváveis, é possível que pelo menos um deles vá acontecer a cada um de nós.”

“ – Eu fico impressionada com o fato de você achar essa merda toda remotamente interessante.
- O quê?
- Universidade: entrar ou não. Confusão: se meter ou não. Colégio: tirar dez ou dois. Carreira: ter ou não. Casa: pequena ou grande, própria ou alugada. Dinheiro: ter ou não. É tudo muito chato.”

“As pessoas começaram a ter mais e mais futuro e a passar mais tempo pensando nele. No futuro. E agora a vida se tornou o futuro. Todos os momentos da vida são vividos no futuro: você frequenta a escola para entrar na faculdade para arrumar um bom emprego para comprar uma casa legal e mandar os filhos para a faculdade para que eles consigam arrumar um bom emprego para comprar uma casa legal para mandar os filhos para a faculdade.”

“Isso sempre me pareceu tão ridículo, que as pessoas pudessem ficar com alguém só por causa de beleza. É como escolher o cereal de manhã pela cor, e não pelo sabor.”

“Se algum dia eu virar o tipo de gente que tem apenas um filho e mora em uma casa de sete quartos, pode me dar um tiro.”

“Aliás, eu não gostava de nada que envolvesse esforço físico”

“Não quero que ele pense que me importo o suficiente para fazer alguma coisa contra ele.”

“Gente que eu não conheço morre o tempo todo. Se eu surtasse toda vez que uma coisa ruim acontecesse no mundo, ia acabar completamente pirado.”

“Sempre gostei da rotina. Acho que o tédio nunca me entediou.”

“Mijar é com ler um livro bom: é muito, muito difícil parar depois que você começa.”

“Sabe qual é seu problema, Quentin? Você espera que as pessoas não sejam elas mesmas. Quer dizer, eu podia odiar você por ser tão pouco pontual e por nunca se interessar por nada que não seja Margo Roth Spiegelman e por, tipo, nunca perguntar como estão indo as coisas com minha namorada... Mas eu não ligo, cara, porque você é você. Meus pais têm uma tonelada de Papais Noéis pretos, mas tudo bem. São meus pais. Eu sou totalmente obcecado por uma enciclopédia online e por isso deixo de atender o telefone quando meus amigos me ligam, ou mesmo minha namorada. Eu sou assim. Você gosta de mim do jeito que eu sou. E eu de você. Você é engraçado, inteligente e pode até chegar atrasado, mas sempre chega.”

“Quando estiver mais velho, você vai começar a ver todos os garotos apenas como pessoas, sejam eles bons ou ruins. Eles são só pessoas; Pessoas que merecem cuidados. Com diferentes graus de doença, diferentes graus de neurose, diferentes graus de autorealização.”

“ - Quanto mais trabalho, mais percebo que os seres humanos carecem de bons espelhos. É muito difícil para qualquer um mostrar a nós como somos de fato, é muito difícil para nós mostramos aos outros o que sentimos.
- Que lindo (...) Mas será que isso não é porque, em algum outro nível fundamental, achamos difícil entender que o outro também é um ser humano tal como nós? Ou nós os idealizamos deuses ou os dispensamos com animais.
- Verdade. A consciência não é uma boa janela. Acho que nunca pensei nisso dessa forma.”

“ – Você não está preocupada com o... para sempre?
- O para sempre é composto de agoras.”

“Nada acontece como a gente acha que vai acontecer.”

“Mas, antes de ser esse personagem secundário no drama da minha vida, ele foi o protagonista no drama da vida dele.”

“As coisas vão acontecendo... As pessoas se vão, ou deixam de nos amar, ou não nos entendem, ou nós não as entendemos... e nós perdemos, erramos, magoamos uns aos outros.”

“Essas coisas é o que nos impede de desmoronar. E, talvez, ao imagina esses futuros, a gente possa torná-los reais, ou não; de qualquer forma temos que imaginá-los.”

LEIA A RESENHA AQUI


Poxa, chegamos ao fim de mais uma postagem do #BEDA! O que vocês acharam da seleção de frases? Beijinhos para vocês e até amanhã! #BEDA14


10 comentários

  1. cidades de papel eh um livro mt bom, todas os quotes sao <3 john green arrasa
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, Ludmila! John arrasa ahaha. Beijos!

      Excluir
  2. Eu ammmmmmoooo (oooooooo) John! E esse livro pfv né é a coisa mais pft !!! Amei o post.


    literandototal.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto do autor, Thur. Que bom que você gostou. Abraços!

      Excluir
  3. Esse é o segundo post de frases desse livro que vejo em dois dias! Fico sempre interessada nas frases,eu gosto e tudo mais, mas nao sei se leio o livro. Fico lá e ca auahauahaj
    Beijão ma!
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rê! O livro não se tornou um de meus favoritos, mas eu super recomendo que você leia. Aliás o Green é um ótimo escritor e suas obras merecem ser lidas. Beijos!

      Excluir
  4. John Green até consegue ter quotes muito bons, mas realmente não consegui gostar de nenhum - sim, posso dizer com propriedade poque li todos - livro dele. Não sei, tenho uma opinião muito diferente de todo mundo sobre esse autor, e algumas pessoas me odeia por isso.
    Ótimo post, ótimas frases, mas eu realmente tenho preguiça dele!
    Bjs*.*
    MaH

    O que disse, Alice?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mah! Cada um com sua opinião, não é? Só temos que respeitar! Eu li dois livros do Green e gostei da graciosidade da escrita dele e da construção de alguns personagens. Beijos!

      Excluir
  5. Mari eu não tenho vontade de ler esse livro ou assistir ao filme, mas não há outra verdade para essa frase:
    "“As pessoas começaram a ter mais e mais futuro e a passar mais tempo pensando nele. No futuro. E agora a vida se tornou o futuro. Todos os momentos da vida são vividos no futuro: você frequenta a escola para entrar na faculdade para arrumar um bom emprego para comprar uma casa legal e mandar os filhos para a faculdade para que eles consigam arrumar um bom emprego para comprar uma casa legal para mandar os filhos para a faculdade.”

    AMEI!
    Bjux.
    - Diego, Blog Vida & Letras
    http://blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Di! Entendo! Esse foi um de meus quotes preferidos durante a leitura e me faz refletir até hoje. Abraços!

      Excluir

Topo