h3.post-title {text-align: center; #Beda: Caderninho de Frases 'Por Lugares Incríveis' - Apenas uma Leitura

#Beda: Caderninho de Frases 'Por Lugares Incríveis'

Olá, leitores!

Hoje fiz uma seleção de frases de uma de minhas leituras favoritas do ano, Por Lugares Incríveis de Jennifer Niven! Para quem tiver interesse, fiz uma resenha coletiva do livro: Leia aqui!


"A verdade é que eu estava mesmo doente, mas não com uma simples gripe. De acordo com minha experiência, as pessoas são muito mais compreensivas se conseguem ver a sua doença."

"Prometi a mim mesmo que este ano vai ser diferente. Se eu continuar no controle de tudo, incluindo de mim mesmo, talvez consiga ficar desperto e aqui, não parcialmente aqui, mas aqui, presente, agora."

"Não sou perfeita. Tenho segredos. Sou uma bagunça. Não só meu quarto, mas eu mesma. Ninguém gosta de bagunça."

"Amo meu quarto. O mundo é melhor aqui do que lá fora, porque aqui sou o que eu quiser. Sou uma autora brilhante. Posso escrever cinquenta páginas por dia e nunca fico sem palavras."

"Olha só, eu não acho que está tarde. Eu acho que está cedo. É o início das nossas vidas. O início da noite. O início do ano. Se você parar para pensar, vai ver que está mais cedo que tarde."

"Inútil. Burro. Essas foram as palavras que cresci ouvindo. São palavras das quais tento fugir, porque, se deixá-las entrar, elas podem ficar e crescer e me preencher até que a única coisa restante dentro de mim seja inútil burro inútil burro inútil burro aberração. E não posso fazer nada além de correr mais rápido e me preencher com outras palavras: Desta vez vai ser diferente. Desta vez vou ficar desperto."

"Não dizem que não existe hora melhor do que agora? Você melhor que ninguém deveria saber que só o agora é garantido."

"Aprendi que existem coisas boas no mundo, se você procurar por elas. Aprendi que nem todo mundo é uma decepção, incluindo eu mesmo, e que um salto a 383 metros de altura pode parecer mais alto que uma torre de sino se você estiver ao lado da pessoa certa."

"(...) Theodore Finch, em busca do Grande Manifesto. (...) Significa 'a urgência de ser, de ter alguma importância e, se a morte vier, morrer com valentia, com clamor - em suma, permanecer na memória'."

"Penso bem melhor à noite, quando todo mundo está dormindo. Sem interrupções. Sem barulho. Gosto da sensação de estar acordado quando ninguém está."

"Gosto de escrever. Gosto de um monte de coisas. Talvez, de todas elas, eu seja melhor na escrita. Talvez seja o que mais gosto de fazer. Talvez seja onde sempre me senti mais em casa."

"Você é sempre tão sensível, Theodore. Desde criança. Você lembra do passarinho? Aquele que voava e batia nas portas de vidro da sala? Ele batia sempre, e você dizia: 'Traga ele para morar com a gente pra ele não fazer mais isso'. Lembra? Um dia a gente chegou em casa e ele estava caído no pátio, tinha batido na porta vezes demais, e você chamou o túmulo dele de ninho de lama e disse: 'Nada disso teria acontecido se você tivesse deixado ele entrar'."

"Ninguém sabe quanto tempo tem, talvez mais um mês, talvez uns quinze anos... Gosto de viver como se só tivesse dois dias."

"- Do que você mais tem medo?
- De morrer. De perder meus pais. De ficar aqui pro resto da vida. De nunca saber o que deveria fazer. De ser comum. De perder todos que amo."

"Tenho mais medo do 'Só tenha cuidado'. Tenho mais medo da queda longa (...) e da morte iminente, mas leve. Tenho mais medo de mim."

"Você merece coisa melhor. Não posso prometer que vou estar por perto, não porque eu não queira. É difícil explicar. Sou problemático. Estou despedaçado, e ninguém pode me consertar. Eu tentei. Ainda estou tentando. Não posso amar ninguém porque não é justo com quem me amar de volta. Nunca vou machucá-la, (...) mas não posso prometer que não vou desmanchá-la, pedacinho por pedacinho, até você ficar em mil caquinhos, como eu. Você tem que saber no que está se metendo antes de se envolver."

"É difícil descrever, mas imagino que a sensação neste momento é muito parecida com ser sugado pra dentro de um vórtice. Tudo está escuro e girando, mas girando devagar, e tem esse peso enorme e invisível me puxando para baixo, como se estivesse preso ao meu pé. Penso: Essa deve ser a sensação de afundar na areia movediça."

"Estamos todos sozinhos, presos num corpo e na nossa  própria cabeça, e qualquer companhia que temos na vida é passageira e superficial."

"Eu tenho essas fases às vezes, e não consigo me livrar delas. (...) É uma crise pesada e angustiante. Acho que é a mesma sensação de estar no olho de um tornado, calmo e cegante ao mesmo tempo. Odeio isso."

"Fiz o que achava que podia fazer. Poderia ter feito mais? Possivelmente. Sim, sempre podemos fazer mais."

"Nem sempre podemos enxergar o que os outros não querem que a gente veja. Principalmente quando se esforçam tanto para esconder."

"Só posso dizer como eu me senti. Feia. Nojenta. Burra. Pequena. Sem valor. Esquecida. A sensação de que a gente não tem escolha. De que é a coisa mais lógica a fazer, porque o que existe além disso? Você pensa: 'Ninguém vai sentir a minha falta. Eles nem vão perceber que morri. O mundo vai continuar, e minha ausência não vai ter importância. Talvez seria melhor se eu nunca tivesse estado aqui'."

Espero que vocês tenham gostado! Nos vemos amanhã ;*

7 comentários

  1. MEU LIVROOOOOOOOOOOOOOO <3 FAÇA MAIS POSTAGENS ASSIM DJDHZKXHKSHXKSBDKDHD

    p.s.: agora to sofrendo :(

    ResponderExcluir
  2. Awwwwnn, que lindo!!!! Esse livro me despedaçou por inteiro. Sabe aquela sensação que na verdade nem é uma sensação direito, você sente tanta coisa que nem sabe o que tá sentindo? kkkkk Aiiim hahah Bjs,

    www.estranhoscomoeu.com

    PROMOÇÃO NO BLOG: Ganhe um Livro da Jamie McGuire ---> http://estranhoscomoeu.com/2016/07/28/concurso-cultural-ganhe-um-livro-de-jamie-mcguire/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei, sim, sei! Me senti quase do mesmo jeito quando terminei hahah <3

      Excluir
  3. Oi, Menina Mari.
    COmo ainda não li o livro inteiro (empaquei na leitura e não sai mais) não li todos os quotes, só os que já conhecia.
    Os meus preferidos são:

    "Não sou perfeita. Tenho segredos. Sou uma bagunça. Não só meu quarto, mas eu mesma. Ninguém gosta de bagunça." ( ME IDENTIFICO TANTO COM ESSA, PARECE QUE FALOU DE MIM AQUI)

    "Olha só, eu não acho que está tarde. Eu acho que está cedo. É o início das nossas vidas. O início da noite. O início do ano. Se você parar para pensar, vai ver que está mais cedo que tarde."

    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Menino Di!
      Por que empacou na leitura? Nossa, também me identifico muito com o quote que você destacou <3

      Excluir
  4. Oi, Mari!
    Ahhhhh Por Lugares Incríveis *--* AMO! Amei as frases que separou <3 Mostrou o quanto o livro é fantástico! Bateu uma saudade agora haha
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir

Topo